Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma Suricata na menopausa

Blog sobre tudo um pouco

Crónicas de uma Suricata na menopausa

Blog sobre tudo um pouco

36885952_10211759335650016_5528417689355157504_n.j

Perdi o meu Cartão de Cidadão! Perdi não… sei bem onde o deixei só que fui à farmácia e garantiram-me que não estava lá e eu tenho a certeza absoluta que foi lá que o deixei!!! Que nervos!!! Detesto perder coisas. Por não ser uma pessoa muito organizada tenho rotinas que evitam que estas situações aconteçam. Sei sempre onde tenho as chaves de casa porque as ponho logo lá quando chego a casa, sei sempre onde estão os óculos porque estão guardados sempre no mesmo sítio e sei sempre on de estão os cartões porque não saio de um estabelecimento sem os arrumar na carteira! Por isso estou irritada! Sei que foi lá e por incompetência de alguém perderam-no, e agora dizem que não o têm!!! Claro que já fui fazer um novo mas perder o cartão de cidadão nos dias de hoje é extremamente perigoso com todos os esquemas que andam a correr para aí. Fiz questão que, na loja de cidadão, me colocassem a indicação de cartão perdido para, se acontecer alguma coisa, ter uma justificação. Detesto perder coisas, principalmente coisas importantes! Vocês também são assim? Já perderam algum cartão de cidadão? Tiveram algum problema com isso? Medo…. Muito medo…

carrocel.jpg

Quantas vezes nos vimos encalhados num carrossel de coisas que não conseguimos mudar, e não conseguimos sair? E por muito que queremos sair, o carrossel não para, não nos dá a hipótese de sair e reparar o mal feito, de mudar a vida para outra direção que não seja sempre a mesma. À volta e à volta giramos e vemos as pessoas de fora com as suas vidas a correrem normalmente e nós estamos presos na roda viva que gira sem nunca parar. Sem nunca nos dar a hipótese de sair. Como resolver isto? Saltar. Saltar e esperar que os danos do salto compensem o sair do loop em que nos encontramos.

Portanto, se alguma vez se encontrarem num carrossel, saltem. Quebrem o ciclo. Não deixem que seja o carrossel a decidir que a vossa vida vai ser sempre a mesma, dia a pós dia. Saltem e comecem um novo ciclo que será, com toda a certeza, melhor do que andarem num carrossel que não para.

bolonhesa.jpg

Em época de dieta, não há nada como uma boa receita de Carne à Bolonhesa para aliviar a tensão. Esta receita está na minha família há gerações, é diferente de todas as outras que conhecem (claro que adaptei um pouco às coisas que existem à venda agora no mercado) e, se seguirem a receita à risca, sai sempre bem. Eu costumo fazer uma panela grande de carne que depois dá para congelar em refeições individuais. Não há nada melhor que termos no congelador algo para aqueles dias em que não apetece mesmo cozinhar! Então a receita é a seguinte:

Para o tempero da carne:

1 kg de carne de vaca moída

4 ovos inteiros

1 cabeça de alho picada

4 colheres de sopa de ketchup

Sal, pimenta, noz moscada ao gosto

Amassa-se tudo com as mãos e deixa-se descansar pelo menos uma hora.

Faz-se um refogado com alho a gosto (eu por norma ponho muito), 2 folhas de louro, azeite e um pouco de margarina. Deixa-se refogar um pouco.

Deita-se lá para dentro uma lata de tomate pelado, tendo o cuidado de esmagar com as mãos os tomates, 1 garrafa de meio litro de polpa de tomate, uma bisnaga de tomate concentrado e uma colher de sopa de açúcar. Deixa-se a refogar mais um pouco.

Mete-se a carne na panela com um copo de água. Mistura-se tudo muito bem, tendo o cuidado de não deixar grumos na carne para dar um preparado homogéneo. Tapar e deixar ferver

Retificar os temperos de sal e pimenta, colocar 1 colher de sobremesa de cominhos em pó, de orégãos em folha e tomilho em folha. Mexer bem, tapar e deixar ferver 15 minutos em lume brando.

E pronto, está pronto a comer! Depois é só cozer o tipo de massa que se gostar mais, o normal é esparguete mas eu uso qualquer uma, colocar a quantidade de carne que se quiser e polvilhar com queijo ralado.

Este é um dos meus pratos favoritos e espero que experimentem e gostem! Bom Apetite!

Pois é... depois de passados uns vinte anos resolvi voltar a ser sócia do Círculo de Leitores e não estou nada arrependida. Antigamente eles tinham uma obrigatoriade de se encomendar em todas as revistas e agora já não é assim. Se houver uma revista ou outra que não quiseres encomendar nada, simplesmente não encomendas e pronto. Mas para os bons amantes da leitura, como é o meu caso, tenho a certeza que vou encomendar em todas. Como prémio de entrada ofereceram-me um livro espetacular que li em menos de uma semana, chamado A grande solidão.

IMG-1174.JPG

É sobre uma família que se muda para o Alaska e se tenta adaptar aquele clima inóspito. Foi uma grande leitura que me prendeu do início ao fim. Desta primeira revista foi-me difícil escolher um e tenho a certeza que vai ser sempre assim em todas as revistas. E como vêm apenas de dois em dois meses tenho tempo de sobra para ler os lvros que encomendar. Portanto recomendo esta nova versão do Circulo de Leitores para todas as pessoas que, tal como eu, se sentem despidas se não tiverem um livro na mesa de cabeceira! 

IMG-1131.JPG

Falando de coisas mais sérias e nesta época que todos temos de ser atentos à quantidade de plástico que produzimos tive uma agradável surpresa na pastelaria do Meu Super, cadeia Continente. Pedi uma meia de leite e com ela, em vez das tão utilizadas colheres de plástico, veio esta de madeira. Seria bom que todas as pastelarias seguissem este exemplo porque o plástico é uma coisa que tem necessariamente de ser irradicada do consumo por todas as razões. Pode-se usar mais materiais recicláveis como o papel em muitas coisas, como palhinhas e até cotonetes que são uma praga nos nossos oceanos. Também sei que os supermercados vão começar a usar sacos de papel para as compras como se faz em muitos outros países o que me deixa super contente!! A partir de hoje o meu pequeno almoço vai ser sempre no Meu Super, nem que seja para agradecer o esforço que estão a fazer para esta causa. Deve ficar bem mais caro produzir estas colheres mas o impacto ambiental é bem menor. Há coisas que valem a pena pelo bem do planeta.

Dezembro 08 039.jpg

Pois é... nem sei o que vos diga. Estou devastada. Depois de mais uma semana de sacrifícios, subi hoje à balança e só tinha perdido um quilo... E ainda vêm aqueles anúncios da Yes Diet dizer que se pode perder 6 quilos num mês! Se fossem todos para a porra mais a porcaria das publicidades enganosas! Está bem que eu não estou nesse programa, mas por favor!! Estou a ingerir metade das calorias que devia e só perco um quilo!! Já me disseram que não estou gorda, que o peso que tenho tendo em conta a altura(170) e a idade (50) está dentro da normalidade mas o facto é que me sinto gorda! A roupa não me serve e o espelho não mente.

Se calhar tenho de me mentalizar que perder peso vai ser um processo mais gradual do que eu estava à espera e que um quilo por semana já não era mau, mas que é desmotivante depois de tanto sacrifício, é!!

Enfim, vamos ver o que diz a Sra balança para a semana...

vcvio alimentar.jpg

Estou de dieta há quase duas semanas e diga-se uma coisa, não é fácil. Nunca ninguém me disse que seria fácil seguir a dieta, ter em conta as calorias que ingerimos, mas eu achei que seria possível portanto estou a tentar. Tenho todos os dias vontade de comer um doce, um croissant com muita manteiga e fiambre, um belo prato de esparguete à bolognesa e comer até cair, mas não posso. Não depois de todos os esforços para me manter na linha, então como lido com isso? Simplesmente comendo uma peça de fruta e imaginar que é um belo de um brioche recheado de chocolate, ou beber um chá, ou uma chávena de café que dá a sensação de estômago cheio. Outra coisa que faço é beber muita água. Bebo cerca de um litro e meio por dia, com sumo de limão, porque beber água sem sabor não consigo, e quanto mais bebo, menos vontade tenho de comer. Enfim, é encher o estômago com coisas que não engordam em vez de ir aos petiscos que enchem mas engordam à maluca. E principalmente, não desistir. Olhar para uma foto que nos inspire, eu tenho uma foto minha com trinta anos e 60 quilos, e pensar… quero voltar a ser assim. E vou conseguir!! Tenho a certeza que sim. Demore um, dois, seis meses, vou conseguir!

IMG-1159.JPG

Não, não é uma foto de um filme dos vingadores, sou mesmo eu, depois de colocar a máscara preta que está tão em vogue agora.

Custou-me bastante a colocar porque parece que estamos a cobrir a cara com creme de pasteleiro feito há uma semana, e depois demorou eternidades a secar. Até consegui ver um episódio da Anatomia de Grey inteiro antes que ela secasse por completo! Mas depois de secar é que veio a parte mais difícil… tirar a porra da máscara…  Foi difícil encontrar um ponto por onde pegar mas quando começou a sair, e sensação que se tem é que a pele vem toda atrás, mas na realidade não vem. Apenas vêm as impurezas da pele, a gordura localizada e fica-se com uma pele digna de rabinho de bébé.

IMG-1163.JPG

Adorei e vou tentar fazer uma por semana para limpar a pele. Experimentem que vale a pena.

IMG-0237.JPG

Realmente é verdade!! hoje de manhã fui-me pesar e quak não é o meu espanto quando vejo menos dois quilos na balança!! E a balança não mente!! Eu bem que estava sentir as calças mais lassas (Um bocadinho ...) mas não dei grande importância. Mas a realidade é que a dieta está mesmo a fazer efeito, portanto é para continuar, sem deslizes!! Se continuar mais ou menso neste ritmo, no final do mês estarei bem próximo da minha meta final. O pior vai ser depois conseguir manter esse peso, mas tendo cuidado com o que como, as quantidades, recusar as massas, arroz, pão e açúcares devo conseguir manter! A ver vamos! Mas para já estou feliz!! Iuuuppiii!!! Dois quilos a menos oito para despachar!!!

Pág. 1/2