Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Crónicas de uma Suricata na menopausa

Blog sobre tudo um pouco

Crónicas de uma Suricata na menopausa

Blog sobre tudo um pouco

20160507_163713.jpg

Depois de vermos a Escócia no Inverno, com a magia toda das toneladas de neve, resolvemos ver sem neve e, com alguma esperança, cheia de flores.

Infelizmente não foi o caso. Os campos ainda estavam queimados da neve do Inverno e a paisagem não foi tão florida como esperávamos, mas mesmo assim, não deixou de ser maravilhosa!

Tivemos um grande contratempo... pensámos que, em Maio, já estaria um bom calorzinho por isso, como íamos ficar mais tempo desta vez, optámos por viajar com tenda e ficar em parques de campismo. Tudo estaria bem, não fosse o frio que à noite se instalava e nos entrava pelos ossos, fazendo com que as primeiras noites tivessem sido um verdadeiro pesadelo. Até que resolvemos comprar um aquecedor a electricidade e, podem não acreditar, mas todas as moites tinhamos de o ligar, e ficava ligado toda a noite!

Tirando isso, foi mesmo o culminar de uma viagem de sonho à Escócia. Os lagos (lochs) estavam limpos e espelhados, os animais pastavam alegremente e os castelos eram um espanto. Coloquei aqui algumas das fotos (que foram muitas) que tirámos durante esta viagem de dez dias.

Espero que gostem e que vos dê vontade de visitar este belo país. Mas se forem, contem sempre com frio, mesmo no verão!!

Dia11ok.JPG

DSCF0769-1.JPG

DSCF0795.JPG

DSCF0808-1.JPG

DSCF0903.JPG

DSCF0942.JPG

DSCF0979.JPG

DSCF1006.JPG

DSCF1071.JPG

DSCF1093.JPG

Então? Gostam mais da Escócia no Inverno ou na Primavera?

IMG_0446.JPG

Desde miúda que tinha o sonho de ir ver a Escócia. Principalmente pelas lindas paisagens que apareciam nos filmes como o Highlander e o Rob Roy, mas sempre achei que seria apenas um sonho. Mais recentemente a série Outlander reavivou-me esse desejo e resolvi colocar em prática. Resolvemos ir lá no Inverno, para ver a neve e também porque as viagens e alojamento eram mais baratas nessa altura. Mas nada nos preparava para o que íamos ver.

Fomos primeiro a Edinbourgh e ficámos extasiados com a beleza da cidade e seu castelo tão conhecido. 

IMG_0438.JPG

IMG_0429.JPG

Depois de percorrermos as lindas ruas de Edinbourgh e Glasgow dirigimo-nos à zona que realmente queriamos ver: as Highlands.

Era neve a perder de vista, tão lindo que cortava a respiração.

DSCN1863.JPG

Os montes brancos, os lagos tão brilhantes que pareciam um espelho no meio de tanta neve. Tentámos fazer anjos de neve mas esta era tão fofa que ficávamos enterrados até aos joelhos!

DSCN1849.JPG

E depois aqueles pequenos apontamentos, de pequenas casas isoladas que íamos encontrando pelo caminho fez a nossa viagem ainda mais espetacular.

DSCN1955.JPG

Lembro-me de pensar quão bonito seria toda aquela paisagem na Primavera, e que devia voltar para ver melhor e, de preferência, durante mais dias.

Desta vez estivémos lá apenas 4 dias mas foram dos dias mais recompensadores que vivi. Vale a pena lá ir, recomendo vivamente!!

3.jpg

Açores 084.jpg

Não é para me gabar mas a minha ilha, São Miguel, Açores, deve ser das mais bonitas do mundo! Dos vales às montanhas, das cascatas às lagoas tem um pouco de tudo. Faz-me um pouco lembrar a Irlanda (um dos meus países preferidos) com as suas Fifty Shades of Green, e as pastagens a perder de vista.

É definitivamente um local paradisíaco que todos deviam conhecer pessoalmente. Portanto, nas próximas férias venham cá e experienciem tudo o que esta ilha tem para oferecer! E avisem-me quando vierem! Tomamos um café e digo-vos quais os locais a não perderem!

Boa semana!!!!

Conjuring 3.jpg

Perguntam-me muitas vezes porque é que eu gosto tanto de filmes de terror. E a resposta é muito simples: porque pelo menos sei que o terror que estou a ver é fictício, o que me dá uma espécie de sossego.

Hoje fui ver The Conjuring 3 e, tendo em conta os anteriores e a saga da Annabelle, estava à espera de algo espetacular. Infelizmente roçou o razoável, pelo que me arrependi amargamente de ter dado o dinheiro do bilhete. O que me salvou foram efectivamente as pipocas, porque o resto não passou de uma versão bem mais medíocre do Exorcista.

Portanto, aconselho que, para quem gosta do género, espere pelo lançamento ou na netflix ou mesmo na TV por cabo...

IMG-0588.jpg

Nesta minha saga, quase infrutífera, de perder algum peso, dei de caras numa livraria com este livro. Ora, já várias pessoas amigas me tinham falado nesta dieta que ajudava imenso não só na perda de peso mas também na perseguição por uma vida mais saudável. E bem, não há nada como experimentar. Por isso comprei o livro e vou fazer receita a receita e colocar a minha opinião aqui no blog.

Será que vai resolver o meu excesso de peso? Não sei, mas pelo menos tentei.

Actualmente com 75kg... A ver vamos...

522B7618-D770-457B-8439-1B0CED137CE3.jpg

Sempre fui aversa às leituras sobre auto-ajuda, mas vi este livro e perguntei, porque não? Vou experimentar. E realmente ajuda na perspectiva que temos da vida, o viver para o dia e não para o passado nem focar-nos tanto no futuro que nos esquecemos de viver o presente.

Aconselho.

XoXo

IMG-0531.jpg

Febra de caril com ervilhas fritas e ovo.

Pensei, se fritamos batatas porque não outros vegetais. Então lembrei-me das ervilhas e, por acaso, ficaram bem boas. Crocantes por fora e macias por dentro. A minha próxima experiência é fritar bróculos. Acho que vou comprar uma daquelas fritadeiras sem óleo para continuar as minhas experiências. Os meus pais têm uma e frita batatas na perfeição sem uma gora de água. Como funciona? Não faço ideia mas que funciona, funciona!!!

Desta vez, e para segir a minha dieta sem hidratos, optei por uma bebra temperada com caril, as ervilhas fritas e um ovo. Será que se enquadra na dieta Paleo? Ou na Keto? Não faço ideia, só sei que ambas proclamam não aos hidratos porquanto aqui vai o prato que fiz. Logo vou para as febras com bróculos fritos. A ver vamos como sai!!! 

XoXo

IMG-0459.jpg

Pois é meus amigos, voltei depois desta loucura toda de COVIDs e confinamentos. Para além de todas as coisas más, aconteceu-me uma coisa que, de certeza, aconteceu a muitos de vocês... engorgei 7 kg!!! Que disparate!!!! Mas agora estou a fazer um esforço quase sobrenatural a ver se perco esses quilitos a mais e mais alguns que já tinha de sobra.

Estou a tentar fazer uma dieta à base de proteínas e vegetais mas, de vez em quando, ainda caio na tentação de comer um macarrão com queijo e beber uma cervejinha. Isso também acontece com vocês?

Mas enfim, estou a tentar e isso é que é importante. Numa semana só consegui perder 1,5 kg o que é desesperante, mas não vou desistir. Doa a quem doer (e neste caso só me vai doer a mim...) vou conseguir perder pelo menos parte do que queria.

E vocês? Algum conselho que me possam dar para não perder o ritmo de emagrecimento?

XoXo

IMG-0291.jpg

Como vivo numa zona piscatória, há sempre pessoas a vender peixe e marisco à porta. Desta vez andavam a vender caranguejos. Como eram os anos do P resolvi comprar para lhe fazer uma surpresa, Mal sabia eu que a surpresa ía ser minha!! Deram-me um saco com os caranguejos e eu preparei logo uma panela para os cozinhar. Toda contente abri o saco e bum!!! Os caranguejos começaram a saltar para fora do saco! Já viram a Gaiola das Loucas? Bem, foi parecido. Era eu aos gritos atrás dos caranguejos, os meus cão a tentarem ajudar mas só faziam pior, foi mesmo o fim do mundo. Os meu vizinhos devem ter achado que era louca, e com razão. Depois de muitas dentadas  e gritos consegui por os caranguejos na panela e meti a tampa. E agora??? Tinha de colocar água na panela para os cozer... mais uma cena do caraças... levantei um bocadinho da tampa para por água e pumba!!! Lá saltaram os caranguejos outra vez!!! Desta vez apanhei-os com umas luvas de cozinha e tapei novamente a tampa. Como colocar água na panela sem que eles saltassem?? Aqueci uma chaleira com água a ferver e, o mai rápido que consegui, despejei a água a ferver por cima dos caranguejos. Foi uma morte rápida mas nos meus ouvidos só ouvia "assassina de caranguejos"... "assassina de caranguejos..." 

Depois de cozidos provei um. Estava mesmo bom mas comi sempre com um nó no estômago... Tão cedo não me meto noutra!!!! Podem ter a certeza!!

IMG-0279.jpg

Eu sei...eu sei... não parece ter muito bom aspecto mas, depois de umas horas na cozinha e seguindo a receita à risca (a única coisa que pus a mais foi um bocadinho de picante) e saiu isto. Mas deixem que vos diga, o aspecto não faz jus ao sabor! Estava espetacular!!! Esta receita é mesmo uma daquelas a repetir, principalmente em épocas festivas (porque leva um tempo do caraças a preparar!!!).

Estou determinada a comprar o livro da Julia Child - French Cooking for Housewifes (acho que é este o nome) e experimentar mais umas receitas para fugir ao comum tipo, bife com batatas fritas, bacalhau à brás ou jardineira.

Quem quiser a receita diga que eu mando por e-mail (é muito grande para colocar aqui...)

XOXO e arrisquem na cozinha!!!